Confira qual maneira para evitar um espirro e se livrar do incômodo

O espirro acontece quando algo irrita os receptores nervosos

Nos desenhos animados, é comum vermos os personagens fazendo caras e bocas antes de soltar um espirro estrondoso, e muitas vezes alguém tenta evitar que isso aconteça ao colocar o dedo sob o nariz de quem vai espirrar.

Apesar de isso quase nunca funcionar nas animações, essa técnica realmente é eficaz na vida real.Talvez todo mundo já tenha tentado fazer o mesmo quando era criança, mas provavelmente a “técnica” não funcionou e a pessoa acabou espirrando de qualquer forma.

O que deve ter acontecido é que ela não deve ter sido aplicada da forma correta, justamente por causa do que os desenhos nos fizeram acreditar. O movimento correto não é apoiar o dedo sob o nariz e empurrá-lo para cima, mas sim pressioná-lo contra o rosto na área entre o nariz e o lábio superior – chamada de filtro.

O espirro acontece quando algo irrita os receptores nervosos que temos dentro das narinas. Isso faz com que sinais sejam enviados para o sistema límbico, em uma região do cérebro conhecida como tronco cerebral, que envia então um impulso para os nervos faciais, assim como outros nervos nos pulmões e diafragma.

Esses dois últimos fazem a pessoa puxar uma grande quantidade de ar subitamente, que então é expelida de uma vez através da contração dos músculos das costas, abdome e caixa torácica.

Ao expulsar o ar, o corpo tenta eliminar também o que está causando a irritação. Já que as enervações do nariz e dos olhos são muito próximas, o mesmo mecanismo que faz com que a cavidade nasal secrete fluidos – para carregar o agente irritante para fora – também enche nossos olhos de “água” antes de espirrarmos. Ao pressionarmos o dedo contra o filtro, basicamente estamos interceptando o impulso que desencadeia todo esse processo, mas, se a irritação continuar, é provável que a pessoa sinta vontade de espirrar de novo.

Fonte: Mega Curioso