Conheça 14 comidas bizarras pelo mundo que você não vai querer comer

Conheça 14 comidas bizarras pelo mundo que você não vai querer comer

Larvas, por exemplo, é um tradicional prato australiano, em especial a Witchetty Grub. Branquinho e gordinho, o animal é um alimento rico em proteínas

Se você é daqueles que tira o verdinho da comida e acha feijoada um prato nojento, pare por aqui! Esta reportagem vai apresentar imagens fortes demais para seus pobres olhinhos. Apenas aqueles com espírito aventureiro terão forças para conhecer esta lista de alimentos bizarros servidos ao redor do mundo. Se liga na galeria!

Larvas, por exemplo, é um tradicional prato australiano, em especial a Witchetty Grub. Branquinho e gordinho, o animal é um alimento rico em proteínas. Os bichinhos são encontrados nas raízes de arbustos de acácias. Já outra iguaria estranha causa polêmica na Coreia do Sul. Ela é conhecida como Boshintang e na verdade é uma sopa feita com carne de cachorro. Estes cãezinhos são criados especialmente para o consumo humano.

Às vezes é difícil acreditar na diversidade de comida que podemos encontrar pelo mundo, porém cada cultura tem seus costumes e por isso cada região se alimenta de forma única. Existem lugares que insetos são servidos no espetinho, entre eles: grilos, escorpiões e até aranhas caranguejeiras. O importante é alimentar e dar sustância.

É impossível não acharmos estes hábitos ultra diferentes, mas como não sabemos o processo pelo qual estas tribos e países passaram para se desenvolver, não podemos julgá-los, cada um come o que quiser e viva a diversidade.


A sopa de cachorro é um prato típico na Coréia. Os bichinhos são criados especialmente para se tornarem parte da receita.

O peixe Fugu é altamente venenoso e se mal preparado pode matar! Mesmo assim é uma iguaria no Japão.
                       

A sopa de Turú é tradicional do Brasil. O molusco, ingrediente principal da refeição, é encontrado em troncos de árvores podres nos mangues

Hákarl é uma iguaria islandesa, seu nome significa tubarão podre. O animal é venenoso e precisa se decompor para se tornar comestível.

 Hasma é uma sobremesa chinesa feita a partir de tecidos ressecados do sapo. Será que é gostoso?

A receita mexicana, conhecida como escamoles, tem como ingrediente especial vinhos de formiga! Deve fazer um bem para os olhos...

Enquanto no Brasil tem quem coma miolo de boi, na China, a galera se amarra em cérebro de macaco, vai um pedacinho?

O modo de preparado deste queijo italiano Casu Marzu é tão nojento que foi proibido de ser vendido. Nele larvas de moscas vivas se alimentam do produto para facilitar a fermentação do laticínio


Grilos também não vão escapar da panela!

Fritar e comer aranhas pode parecer nojento, mas é um hábito comum no Camboja, Ásia

Kanniko: caranguejo “caramelizado” é uma sobremesa japonesa feita de filhotes de caranguejos

O Sannakji é um prato da cozinha coreana servido cru e, basicamente, vivo. Afinal enquanto você como o polvo seus tentáculos ainda estão se mexendo

Witchetty Grub é uma larva encontrada na raiz do arbusto Acácia Kempeana, o alimento é mais comum na Austrália central

Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

 

Fonte: MSN