Conheça 5 coisas que devem ficar fora da sua cama

o quarto deve ser fresco, escuro e silencioso, como um verdadeiro refúgio no agitado mundo que existe fora das quatro paredes

Criar um ambiente ideal para o sono requer apenas algumas coisas: o quarto deve ser fresco, escuro e silencioso, como um verdadeiro refúgio no agitado mundo que existe fora das quatro paredes.

Mas existem coisas que definitivamente o layout do quarto ideal não inclui. Aqui estão algumas dessas coisas que nós gostaríamos de ver abolidas da cama - para sempre - e as razões pelas quais você irá se sentir muito melhor expulsando-as para outro cômodo.

Telefone

Já ouvimos todas as desculpas possíveis para manter o seu telefone com você na cama ou próximo dela: você o usa como alarme, você não tem um telefone fixo e tem medo de perder uma chamada de emergência, você adora checar as atualizações tarde da noite no seu feed do Instagram. Mas há também muitas razões para crer que, ao manter o seu telefone ao alcance de seu braço, você está arruinando o seu sono. O mais óbvio: cada vez que ele emite um bipe ou vibra, é bem provável que perturbe o seu sono. Mas, até mesmo a luz do seu telefone pode ocasionar problemas: a luz azul artificial, emitida de smartphones e outros dispositivos eletrônicos, provoca excitação no cérebro e mexe com a produção do hormônio melatonina, indutor do sono, o que dificulta adormecer se você usar o seu telefone muito perto da hora de dormir. Deixe-o em um outro quarto — em modo avião — e aumente o volume do seu alarme.

Trabalho

Você, provavelmente, está trabalhando em um laptop, tablet ou smartphone que emitem luz, o que já deveria ser proibido no quarto. Mas transformar o seu refúgio de sono em um escritório improvisado condiciona o seu cérebro a trabalhar naquele espaço quando ele deveria estar condicionado a dormir. Cerca de 80% dos jovens profissionais admitem trabalhar na cama, mas isso enfraquece "a associação mental que existe entre seu quarto e dormir", de acordo com a Divisão de Medicina do Sono da Universidade de Harvard.


Animais de estimação

Sabemos que muitos donos de animais são bem rígidos quando se trata de passar um tempo com seus amigos peludos, mas compartilhar sua cama com eles só irá ajudar a promover interrupções do seu sono. Cada vez que seu bichinho se mexer ou miar, é bem provável que você acorde. Na verdade, cerca de 30% dos donos de animais, que compartilham suas camas, relatam acordar, pelo menos uma vez por noite, de acordo com uma pesquisa de 2014. Os animais de estimação também trazem poeira, pólen e pelos de suas aventuras diurnas, o que poderia ocasionar possíveis reações alérgicas.

Comida

Sim, café da manha na cama soa bem glamoroso, mas as migalhas na cama certamente não. Por motivos de higiene, a comida não deveria entrar no quarto. Não só isso, mas comer na cama não se encaixa com a sua narrativa de rotina de sono. "Eu gostaria de sugerir que você nunca coma na cama", disse Kadi Dulude, o dono do serviço de limpeza Wizard Of Homes, da cidade de New York, ao HuffPost Home. "Mantenha o quarto como um lugar sagrado onde você vai para descansar.”

Livros

Mesmo aqueles entre nós mais dedicados aos bons hábitos do sono, provavelmente se arriscam, ocasionalmente, a ler um pouco antes de dormir. Mas especialistas do sono enfatizam continuamente que o quarto deve ser apenas para duas coisas: sono e sexo. Se você estiver lendo um dramalhão, um livro viciante ou qualquer outro tema muito estimulante, você poderá ficar mais agitado, em vez de relaxado. Qualquer pessoa que tenha ficado acordada até tarde para terminar um capítulo pode comprovar. Atividades estimulantes, emocionais e intelectualmente exigentes antes de dormir — incluindo uma boa leitura — podem resultar em uma má qualidade do sono. Uma leitura light pode ser uma boa maneira de relaxar antes de dormir, apenas tente fazer isso fora do quarto.


Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Brasil Post