Corpo de jovem assassinado é velado de forma inusitada

Fernando de Jesus Diaz Beato, de 26 anos, foi atingido por 15 dispa

O corpo de um homem que foi assassinado em Porto Rico foi colocado sentado em uma cadeira, com um cigarro em uma das mãos e o olhos abertos em seu próprio funeral. Segundo a família, o desejo era que seu "último adeus" lembrasse "como ele era em vida".

Fernando de Jesus Diaz Beato, de 26 anos, foi atingido por 15 disparos em San Juan no dia 3 de março. Segundo familiares ele era uma pessoa feliz e de bem com a vida.

Fernando de Jesus Diaz Beato, de 26 anos, foi atingido por 15 disparos (Crédito: Reprodução)
Fernando de Jesus Diaz Beato, de 26 anos, foi atingido por 15 disparos (Crédito: Reprodução)


A mãe do jovem decidiu por não colocá-lo em um caixão, e sim por deixá-lo sentado, com as pernas cruzadas, vestido com a sua roupa favorita e com um cigarro em uma das mãos. Além disso, seus olhos estavam abertos, dando um toque "macabro" para o funeral.

Fernando de Jesus Diaz Beato, de 26 anos, foi atingido por 15 disparos (Crédito: Reprodução)
Fernando de Jesus Diaz Beato, de 26 anos, foi atingido por 15 disparos (Crédito: Reprodução)


A cerimônia foi sediada em uma empresa conhecida por seus eventos "excêntricos". É o nono "funeral diferente" que eles organizam, mas o primeiro em que os olhos do morto ficaram abertos. Apesar do resultado final ser assustado a família afirmou que o resultado ficou como Fernando sempre quis.

A polícia está investigando sua morte e não tem pistas sobre suspeitos.

Fonte: Com informações da UOL