Criança com transtorno identidade de gênero tenta cortar pênis

Todos eles aceitaram muito bem a opção de Danni.

Uma menina chamada Danni e sua família viveram um momento difícil e traumático quando ela tinha 3 anos de idade. A criança foi encontrada por sua me com um tesoura na mão tentando cortar o pênis. Danni, que se chamava Daniel não estava satisfeita com seu corpo e apresentava angústia por não se reconhecer, o que caracteriza transtorno identidade de gênero.

Danni agora está satisfeita com sua condição (Crédito: Divulgação)
Danni agora está satisfeita com sua condição (Crédito: Divulgação)


Apesar de muito jovem, a criança teve apoio da família. "Me lembro como ela se olhou no espelho um dia depois que cortamos seu cabelo", comentou Kelly, mãe de Danni.

A mãe relata ainda que Danni passou a se vestir como menina e dizer que não queria ser menino: “Eu não gostava de ser menino”, disse Danni.

A mãe de Danni confessa ainda  que recorreu à internet para encontrar informações que pudessem ajudá-la a lidar com a filha. E diz que ficou até surpresa com a quantidade de coisas que encontrou -- ela não era a única a passar por essa situação.

"Mesmo os psicólogos que nós procuramos não tinham o conhecimento para explicar isso. Então escrevi no Google 'meu filho quer ser uma menina' e apareceu um monte de coisas que me ajudaram bastante", explicou Kerry, que tem outros quatro filhos, três meninos e uma menina.

Todos eles aceitaram muito bem a opção de Danni.

Fonte: Com informações do Uol