Criminosa ganha direito de sair da cadeia para colocar botox

Todos ficaram surpresos com essa permissão recebida.

Uma situação inusitada chamou a atenção dos moradores de Leicestershire, Reino Unido. A presidiária Luccia Amerecco, que cumpria sentença de seis anos e meio de prisão por roubar e ameaçar castrar a vítima, revelou que recebeu o direito de sair da prisão temporariamente para fazer botox e colocar silicone nos seios.

“Eu não pude acreditar quando me deixaram sair para colocar botox. Tive que pagar tudo com o salário que recebi na prisão, mas nunca imaginei que poderia ter permissão para fazer isso já que estava detida”, contou Luccia ao jornal Daily Mirror. Segundo a presidiária, ela teve que preencher vários formulários e ter bom comportamento.

Segundo uma fonte ouvida pelo jornal na prisão, todos ficaram surpresos com essa permissão recebida por Luccia. “Ninguém podia acreditar que permitiram a ela fazer esse tipo de procedimento”, contou, sem se identificar, à publicação.

Ainda na prisão, ela conseguiu outro dia para fazer uma consulta com um médico para colocar silicone. “Pedi para ver o médico e disse que queria fazer um procedimento nos seios. Ele me deu uma autorização para ver um cirurgião plástico fora da cadeia”, contou.

As autoridades foram procuradas pelo jornal, mas disseram que não comentam casos específicos de presidiários.


Fonte: Com informações do Metropoles
logomarca do portal meionorte..com