Detento é flagrado fazendo sexo com 'ativista dos direitos humanos'

Um detento ligado à Máfia russa foi flagrado por câmeras

Uma câmera escondida flagrou um detento ligado à Máfia russa fazendo sexo na sua cela com uma mulher que se identificou como "ativista dos direitos humanos".

Image title

Larissa Z, tinha como missão averiguar as condições oferecidas aos presos na penitenciária de Sverdlovsk Oblas, na Rússia. Ela era visitante regular do presídio.

"Nota-se que suas sessões de aconselhamento pareciam ir mais longe que o comum", disse um porta-voz da prisão.

Fonte: Com informações do OGlobo