Dormir pode ser mais eficiente que passar a noite estudando

O que fazer às vésperas de uma prova difícil?

Se você está se preparando para uma prova difícil na faculdade ou estudando de forma disciplinada para um concurso importante, certamente já sentiu a necessidade de passar a noite em claro debruçada sobre os livros para acumular horas extras de informações. No entanto, saiba que a atitude pode causar efeito contrário e até mesmo atrapalhar sua conquista.

Muitas pessoas opitam por passar a noite em claro, absorvendo o máximo que consegue sobre os assuntos que provavelmente cairão na prova. Entretanto, esta atitude não é tão eficiente e pode até atrapalhar seu rendimento. Uma boa noite de sono pode melhor seu humor, relaxar o corpo e a mente, e claro, é essencial para o aprendizado.

Uma recente entrevista da Universidade de Bristol concluiu que quando estamos acordados os padrões de atividade cerebral aceleram, e quando dormimos contribuimos para o armazenamento da memória. Então caso você passe a noite pernoitado, provavelmente ficará com a mente cansada e pode até esquecer o que foi estudado.

O trabalho científico afirmou que as pessoas precisam de pelo menos 7 horas de sono para melhorar o processo de memorização e capacitação de inteligência e criatividade. Isto porquê ocorre conexões entre as células nervosas que consolidam a memória.


Estudar na madrugada ou dormir? (Crédito: Reprodução)
Estudar na madrugada ou dormir? (Crédito: Reprodução)
Fonte: Meio Norte