Dúvida: Mulheres podem ser alérgicas ao sêmen?

Dúvida: Mulheres podem ser alérgicas ao sêmen?

Algumas pessoas tem dúvida sobre isso. Saiba como esclarecer!

Parece brincadeira, mas é possível que uma mulher tenha alergia a sêmen. Isso mesmo! A descoberta é de um estudo no qual revelou que o responsável pela alergia é um dos componentes protéicos existentes no líquido seminal humano.

De acordo com os pesquisadores, o sêmen é repleto de outras proteínas e biomoléculas, por isso ainda é difícil culpar apenas uma proteína pela incidência de reações alérgicas.

As mulheres também podem contrair a alergia de acordo com a dieta do homem. Em um estudo de caso sobre o tema, descobriu-se que uma mulher alérgica a castanhas teve uma reação alérgica após fazer sexo desprotegido com o seu namorado, que tinha comido castanha-do-pará.

Os sintomas da reação alérgica ao sêmen incluem coceira, vermelhidão, sensação de queimação e inchaço tanto na vagina quanto na vulva. Além disso, é possível que a alergia se manifeste também através de urticárias, dificuldades respiratórias e feridas.

Esses sintomas costumam aparecer logo após a relação sexual desprotegida e duram, geralmente, até 24 horas. Uma das formas de saber se uma mulher tem essa alergia é ver se os indícios de alergia se manifestam mesmo quando o parceiro usa camisinha nas relações sexuais. Além disso, exames de sangue e de pele podem comprovar que a mulher é alérgica.

Fonte: Mega Curioso