Especialista afirma que parar de fazer sexo garante vida mais longa

Ele afirma que uma vida sem sexo possibilita que a pessoa viva mais

Qual é o segredo para uma vida longa? De acordo com um cientista britânico é desistir das brincadeiras entre quatro paredes. O professor Alex Zhavoronkov, diretor da Fundação de Pesquisa de Biogerontologia (instituto que estuda o envelhecimento humano), diz que humanos podem chegar a 150 anos de idade de desistirem de sexo.

Em um novo livro, ele afirma que uma vida sem relações sexuais possibilita que a pessoa viva "muito, muito mais”. Porém, o professor de 36 anos ainda não se libertou dos desejos carnais: “Eu faço sexo ocasionalmente, mas não numa base permanente e geralmente com outras cientistas”, afirmou.

Image title


Consequências de relações sexuais, como relacionamentos, casamento, posses materiais e filhos são outros problemas para quem quer uma vida longa. “Adiar o casamento e a reprodução é consequência de aumentar o horizonte da sua expectativa de vida. Isso iria me atrasar e me distrair da minha pesquisa. Quando você está planejando viver 150 anos, casamento é uma grande decisão”, disse.

Zhavoronkov dá dicas para quem quer viver mais. Além de parar de fazer sexo, comer menos e fazer exercícios regulares também ajudam . O próprio cientista diz que ele mesmo só consome cerca de 1.600 a 1.700 calorias por dia, a maioria fruta, iogurte e barras de proteína

De qualquer forma, a Organização Mundial de Saúde afirmou recentemente que logo estaremos vivendo em um mundo em que será normal chegar aos 100 anos de idade. Menos de 100 anos atrás, a expectativa de vida no Reino Unido era 48 para homens e 56 para mulheres.


Fonte: Com informações do R7