ESTUDO: A ciência comprova que os ‘bonitões' são os mais babacas

Homens atraentes são mais egoístas do que mulheres sedutoras


 

Quem nunca ouviu uma amiga reclamando de um cara que, embora fosse lindo e irresistível, fosse também um babaca?
Pois é, um estudo realizado pela instituição britânica Brunel University, de Londres, mostra que isso é verdade, cientificamente falando. Segundo os dados apurados, homens atraentes são mais egoístas do que mulheres também atraentes.

“Nossos resultados mostraram que, de fato, podemos esperar que homens mais atraentes se comportem de maneira menos favorável em termos de igualdade social e econômica. Os mais bonitos têm a tendência de serem mais egoístas e menos igualitários”, disse o doutor Michael Price, responsável pelo estudo, publicado no último dia 9 na revista Evolutionary Psychology.

O levantamento foi feito com 125 homens e mulheres, que passaram por um scanner 3D, o qual calculou os elementos que notavelmente são bem vistos, como o ‘tanquinho’ bem definido, por exemplo. Depois foi feito um teste de personalidade, que apontaram as atitudes como um eventual egoísmo exacerbado, antes de chegar aos dados econômicos, que desafiaram as crenças dos participantes em ter e compartilhar riquezas.

A pesquisa ainda reuniu um grupo de avaliação, digamos assim, para julgar o quão atraentes eram os participantes do estudo. Um segundo grupo foi perguntado sobre o quão igualitário eles pensavam que os temas do teste deveriam ser na vida real, com os avaliadores julgando os mais bonitos como aqueles com um pensamento ‘anti-compartilhamento’.

“Pessoas mais atraentes têm de fazer menos... para obter valor perante outras pessoas (porque) eles já são muito valorizados em virtude de serem sedutores por si mesmos”, completou o doutor Michael Price.

É a prova de que os bonitões realmente só pensam em si mesmo? Talvez, já que o estudo não é 100% conclusivo. Também, isso não irá fazer com que as mulheres deixem de suspirar pelos caras sarados, ou no mínimo bem apessoados. O atrativo físico sempre teve e sempre terá um peso nos relacionamentos. Mas o que o estudo sugere é que, para aquelas em busca de um cara que goste de compartilhar, é melhor olhar fora da academia de ginástica.

Fonte: brasilpost.com