Estudo diz que manter amizade com ex pode indicar uma coisa

Manter a amizade com o ex pode não ser uma coisa boa, diz estudo

Nem sempre é possível terminar um relacionamento sem guardar mágoas, mas alguns casais lidam tão bem com a separação, que acabam virando amigos. Pessoas evoluídas? Cuidado! Isso pode indicar uma doença grave.

Amizade com ex

Psicólogos da Universidade de Oakland, nos Estados Unidos, concluíram um estudo para descobrir se sinais psicopáticos estão relacionados à amizade que algumas pessoas mantêm com seus ex-companheiros(as).

Intitulado de “Staying friends with an ex: Sex and dark personality traits predict motivations for post-relationship friendship” ("Continuando amigo do ex: sexo e traços de personalidade sombria preveem motivações para amizade após o relacionamento", em tradução livre).

Os pesquisadores pediram para 861 pessoas listarem as razões pelas quais elas mantiveram a amizade com os seus ex. Elas preencheram um questionário feito para evidenciar qualquer traço estranho de personalidade que pudessem ter, como narcisismo, maquiavelismo ou psicopatia.

Sinais de psicopatia

Apesar de muitas pessoas quererem continuar amigas do ex devido a razões sentimentais, os especialistas chegaram a uma conclusão surpreendente: muitos indivíduos que apresentaram traços estranhos de personalidade e tendências manipuladoras eram mais propensos a manter amizade com o(a) ex por razões estratégicas como sexo, dinheiro, negociações, oportunidades, afetos casuais, etc.

O especialista em narcisismo Tony Ferretti disse ao site Broadly que o estudo tem relação com descobertas anteriores.

“Eles (os narcisistas) mantêm contato com os ex para terem acesso a recursos valiosos. Eles têm informações privilegiadas sobre as vulnerabilidades e fraquezas do(a) ex-parceiro(a) e, por isso, conseguem manipulá-los, o que dá a eles uma sensação de poder e controle”, comenta.




Image title

Fonte: bolsademulher