Estudos dizem que pessoas ricas tendem a ser mais sozinhas

Estudos dizem que pessoas ricas tendem a ser mais sozinhas

O estudo é baseado em respostas de 18,026 mil americanos

Alguns cientistas da Universidade Emory, em Atlanta, nos Estados Unidos e da Universidade de Minnesota, em Minneapolis também no país americano fizeram um estudo para investigar se o dinheiro influencia a frequência e o tipo interações sociais. Segundo os resultados as pessoas com rendimentos mais elevados tendem a compartilhar menos tempo com os outros e, portanto, gastar mais sozinhas.

O estudo é baseado em respostas de 18,026 mil americanos e descobriram que a renda determina a natureza dos contatos sociais. Essas pessoas que possuem rendimentos elevados gastam menos tempo com suas famílias e vizinhos e gastam mais com os seus amigos.

A velha pergunta: O dinheiro pode comprar a felicidade? foi estuda por pesquisadores da Universidade de Cambridge. Cerca de 77 mil transações em torno de 625 participantes, as pessoas se sentem mais felizes quando gastam em compras que refletem sua personalidade e atendem às suas necessidades psicológicas.

Mas outra pesquisa feita Universidade de British Columbia canadense afirmam que o tempo livre e não o dinheiro é a chave para a felicidade.

Os pesquisadores descobriram que as pessoas que valorizam o seu tempo mais do que o seu dinheiro e tendem a ser mais felizes do que o inverso.

Fonte: Climatologia Geográfica