Estudos mostram novos riscos relacionados ao uso da maconha

Estudos mostram novos riscos relacionados ao uso da maconha

Cientistas estão descobrindo cada vez mais coisas sobre os efeitos

Apesar de ser considerada como uma droga inofensiva, os cientistas estão descobrindo cada vez mais coisas sobre os efeitos da maconha no cérebro humano.

Uma das descobertas foi o fato de que o consumo da droga pode aumentar o risco de psicose. Outra descoberta é que quem usa a maconha na adolescência, tem a diminuição de QI na vida adulta.

Com relação psicose, os pesquisadores analisaram estudos anteriores sobre cerca de 67 mil pessoas e descobriram que as pessoas que usavam maconha eram mais propensas a serem diagnosticadas com uma condição de saúde mental psicótica, como a esquizofrenia, do que pessoas que nunca usaram maconha.

Falando do QI, um estudo com mais de 1000 pessoas na Nova Zelândia, mostrou que cerca de aqueles que fumaram maconha pelo menos 4 vezes por semana durante toda a vida sofreram uma queda de QI de 8 pontos, em média.

Novos estudos ainda estão sendo feitos para confirmarem essas novas descobertas sobre o uso da maconha.

Fonte: Climatologia Geográfica