Fã do Estado Islâmico, jovem mata mãe com facadas e é condenada

Lisa Borch, de 16 anos, esfaqueou a mãe ao menos 20 vezes

Uma jovem dinamarquesa que matou a própria mãe foi condenada pela justiça do país a passar os próximos nove anos presa. A acusada cometeu o crime após assistir aos vídeos de decapitações do Estado Islâmico.

A sentença da jovem Lisa Borch é a mais longa já imposta a um adolescente na Dinamarca. A jovem de 16 anos tinha apelado da decisão e dito que a culpa era toda do namorado.

Com a ajuda do namorado, a menina que na época tinha 15 anos assassinou brutalmente a própria mãe em sua casa, na cidade rural de Kvisse, na Dinamarca. De acordo com a investigação, a garota estava obcecada pelo Estado Islâmico e praticou o crime após passar horas assistindo a vídeos de decapitação produzidos pelo grupo terrorista.

De acordo com a imprensa internacional, Lisa Borch assassinou a mãe, Tina Römer Holtegaard, com ao menos 20 facadas.


Jovem assassinou a mãe com facadas
Jovem assassinou a mãe com facadas
Fonte: iG