Flatulência ajuda a prevenir doenças, mostra pesquisa

Em altas concentrações, esse gás pode ser nocivo, mas, segundo a pesquisa, se inalado com parcimônia pode ser benéfico.

O cheiro não é nada agradável e o gesto pouco elegante. Mas, vamos lá, tudo tem um lado positivo. E até o odor de um pum pode fazer bem à saúde.

É o que dizem pesquisadores da Universidade de Exeter, no Reino Unido. Eles examinaram o impacto do gás sulfídrico, produzido pelo corpo em pequenas quantidades durante a digestão (e liberado no pum), na saúde da mitocôndria das células.

Em altas concentrações, esse gás pode ser nocivo, mas, segundo a pesquisa, se inalado com parcimônia pode ser benéfico.


Faz tão bem que as nossas próprias células produzem um pouco desse gás sulfídrico durante a luta contra alguma doença.

É que ele ajuda a fortalecer a mitocôndria, cujo papel é atuar como um gerador para a produção de energia celular e reduzir inflamações no organismo. Ou seja, protegê-la é vital para prevenir doenças.

Os cientistas chegaram a esta conclusão depois de criar um composto batizado de AP39, que libera pequenas doses de gás sulfídrico direto na mitocôndria.

“Por mais que o cheiro de ovos podres e de flatulência seja repugnante, é naturalmente produzido no corpo e poderia, na verdade, ser um herói do sistema de saúde com implicações importantes para tratar uma variedade de doenças”, afirma Mark Wood, um dos autores do estudo.

Fonte: Super Interessante