Fornecimento de café pode ser ameaçado por aquecimento global

Fornecimento de café pode ser ameaçado por aquecimento global

Suprimentos de café em praticamente todos os países estão ameaçados

Um relatório apresentado por Molly Harriss Olson, chefe-executivo da Fairtrade, revelou que o aumento das temperaturas estão agora também ameaçando nossos suprimentos de café em praticamente todos os países.

Segundo Molly, é possível que em 2050, haja um declínio de 50% na produtividade de café em todo o mundo. As temperaturas já subiram cerca 1,3 °C na Tanzânia, onde 2,4 milhões de pessoas trabalham na indústria do café, e por isso a produção já caiu em cerca de 50% desde a década de 1960.

Um dos maiores problemas é que uma das duas variedades de grãos de café principais – o Café-arábica -, que representa 70% da oferta global, é extremamente sensível ao calor. Em temperaturas acima de cerca de 23°C, a planta cresce e produz frutos muito cedo, prejudicando a qualidade do café.

Outra preocupação é com o surgimento de novas pragas. Especialmente a broca do café – que é um besouro que faz com que a indústria do café perca centenas de milhões de dólares a cada ano.

Fonte: Climatologia Geográfica