Freiras lutam contra a proibição do cultivo e uso de cannabis

Elas criaram um óleos de infusão, cremes para a pele e enfermos.

Um grupo de freiras de Merced, na Califórnia, nos Estados Unidos, resolveu iniciar uma verdadeira luta contra a proibição do cultivo e uso de cannabis medical. Decididas a ajudar pessoas, resolveram criar o canabidiol (CBD) – óleos de infusão, cremes para a pele, e suplementos para doentes e enfermos.

Na cidade de Merced, porém, foi criada uma lei que proíbe, dentre outras coisas, o cultivo e uso de maconha medicinal. As irmãs, que lucram com a venda dos produtos, passaram a se preocupar com o fim de suas atividades e por conta disso fizeram uma petição,  visando barrar o decreto.

Irmã Kate, de 56 anos, explica que o trabalha desenvolvido é importante e não pode parar. “Há muitos outros, como nós, que trabalham na cadeia de fornecimento de filhos da Mãe Terra como melhor medicina", diz na petição ao acrescentar: “Estamos trazendo receitas extremamente necessárias”.

Seguindo princípios da justiça ambiental e igualdade de gênero, elas vem seus produtos através de uma página no Etsy. Irmã Darcy, que também é integrante do grupo, diz que se trata de um grupo de mulheres querendo ajudar a comunidade.

“É mais sobre a irmandade e o movimento feminista, para viver e trabalhar com outras mulheres e para fazer uma coisa positiva para a comunidade e, obviamente, para o mundo, uma vez que enviamos para todos os lugares", afirmou. 

Irmãs vendem os produtos e ajudam as pessoas
Irmãs vendem os produtos e ajudam as pessoas




Fonte: Com informações do Razoesparaacreditar