Fungo de vagina é encontrado em rodela de limão na borda de copo

As amostras colhidas foram analisadas antes de ser tocadas.

Um estudo realizado por pesquisadores que analisaram 76 limões de 21 restaurantes durante 43 visitas, descobriu que cerca de 70% deles tinham alta concentração de micróbios. Portanto, uma simples rodela de limão para dar um toque especial em um copo de água pode conter mais coisas do que deseja.

As amostras colhidas foram analisadas antes de ser tocadas pelos consumidores. “Limões têm propriedades antimicrobianas, mas o resultado do nosso estudo indica que uma grande variedade de microorganismos pode sobreviver na casca e na carne de uma rodela de limão”, escreveram os pesquisadores. Image title

Entre os micróbios encontrados estão bactérias do intestino (na forma de coliformes fecais), do aparelho respiratório (pense em tossidas ou espirros) e da pele, além dos espécimes colhidos E. coli, estafilococos da epiderme e cândida, um fungo normalmente encontrado na vagina.

“Os frequentadores de restaurantes devem saber que rodelas de limão nas bebidas podem ter micróbios patogênicos”, concluiu o estudo.


Fonte: Com informações do Brasil Post