Gorduras insaturadas reduzem risco de morte prematura

Gorduras insaturadas reduzem risco de morte prematura

Cerca de 126 mil pessoas foram analisadas para o estudo

Um estudo apresentado por cientistas da Universidade Havard, Estados Unidos, mostrou que se consumirmos uma grande quantidade de gorduras insaturadas, encontradas em óleos vegetais, podemos reduzir o risco de morte prematura. Já uma dieta com grande quantidade de gordura animal, no entanto, contribui para os problemas de saúde.

Cerca de 126 mil pessoas foram analisadas para o estudo. A pesquisa de longo prazo, regularmente a cada dois a quatro anos completavam questionários, respondendo perguntas sobre sua dieta, estilo de vida e saúde.

Nesse período, 33 mil pessoas morreram. Os cientistas analisaram se havia uma relação entre a dieta e a morte como resultado de doenças cardiovasculares, câncer, doenças neurodegenerativas e lesões do sistema respiratório.

Após a verificação ficou provado que diferentes tipos de gordura afetam de forma diferente o estado do corpo. As gorduras trans (encontrados em carnes e produtos lácteos) foram os mais prejudiciais: se aumentar o consumo em apenas 2%, o risco de morte prematura vai aumentar em 16%.

Já as gorduras insaturadas, por sua vez, têm o efeito oposto: o consumo reduz a probabilidade de morte entre 11% e 19%.

Fonte: Climatologia Geográfica