Homem pede à Justiça direito de ter duas esposas, irmãs, nos EUA

Os funcionários do tribunal negaram a petição

O americano Nathan W. Collier fez um pedido formal à Justiça de Montana (EUA) para ter o direito ter duas esposas. As duas são irmãs. Ele disse ter se inspirado na recente decisão da Suprema Corte dos EUA, que legalizações o casamento gay em todo o país da América do Norte. "Trata-se de igualdade matrimonial. Você não terá isso sem a poligamia", disse.

Nathan se casou em 2000 com Victoria no cartório. Em 2007, o americano fez uma cerimônia religiosa para oficializar a união com Christine, então sua cunhada. O casamento não tem efeito legal, já que a poligamia é proibida no estado.

Os funcionários do tribunal negaram a petição, pois Nathan já é casado. Com a repercussão do caso, eles decidiram enviar o pedido a um advogado. Ainda não há parecer. Nathan era mórmon, mas acabou excomungado por ser polígamo.


Image title

Image title

Image title


Fonte: Com informações do OGlobo