Homem que recebeu pênis biônico perde a virgindade aos 44 anos

Mohammad diz que perder sua virgindade lhe deu confiança

Dois meses após receber um pênis biônico de 20 centímetros, Mohammed Abad, de 44 anos, revelou que precisou ficar com o órgão ereto por duas semanas como parte do tratamento: “Tive que fazer isso para ele (pênis) se curar, porque é assim que ele funciona. Mas consegui disfarçar para que as pessoas não notassem”, afirmou o homem, que perdeu o órgão num acidente quando tinha apenas 6 anos.

O aparelho implantado em Abad tem botões de ‘liga’ e ‘desliga’ que ficam no saco escrotal e servem para bombeá-lo para cima ou para esvaziá-lo. O pênis de mentirinha foi feito a partir da pele e gordura de seu braço na Universidade College Londres. 

Homem que recebeu pênis biônico perde a virgindade aos 44 anos (Crédito: Reprodução)
Homem que recebeu pênis biônico perde a virgindade aos 44 anos (Crédito: Reprodução)


Antes de receber o implante, o escocês afirmou que teve um “ataque de nervos”, mas que a cirurgia mudou sua vida. Nos últimos três anos, Abad passou por 119 operações e um procedimento final de 11 horas para receber o novo órgão sexual. “Não tenho as sensações como os demais homens, sou diferente.”

Mas o momento mais esperado por Mohammed era ter sua primeira relação sexual. E isso aconteceu segundo ele foi experiência incrível.

Homem que recebeu pênis biônico perde a virgindade aos 44 anos (Crédito: Reprodução)
Homem que recebeu pênis biônico perde a virgindade aos 44 anos (Crédito: Reprodução)


Charlotte, de 35 anos, entrou em contato com Mohammad depois de ler sua história e perguntou se poderia ser a primeira mulher da vida, e o escocês aceitou a proposta: “Sou um aprendiz. Tenho placas e um pênis biônico e não queria fazer papel de idiota. Ela foi incrível e compreensiva.”

Mohammad diz que perder sua virgindade lhe deu confiança para começar a namorar novamente. Depois de testar seus níveis de contagem de esperma e testosterona, os médicos acreditam que ele possa até ser pai.

Fonte: Com informações da Uol