Homem vestido de empregada sexy é preso acusado de prostituição

Ele disse que buscava prostituta sadomasoquista para ser 'dominado'

Um homem vestido de "empregada sexy" foi preso acusado de prostituiçã no estado da Flórida (EUA). David Marsh foi um dos 95 detidos durante uma operação antiprostituição realizada pela polícia.

Ele usava, além do traje de empregada sexy, uma coleira de cachorro e um cinto de castidade. Ao ser preso, ele disse que estava buscando uma prostituta sadomasoquista, pois queria ser "dominado".

Entre os outros suspeitos presos, estavam um professor de uma escola secundária, dois pares de gêmeos e uma mãe que deixou seu filho de dois anos no carro enquanto tentava um encontro sexual.

Durante a operação, policiais disfarçados, tanto de prostitutas quanto de clientes, atraíram suspeitos para um hotel local. Na Flórida, a prostituição é considerada crime.

Homem vestido de empregada sexy foi preso acusado de prostituição (Crédito: Reprodução)
Homem vestido de empregada sexy foi preso acusado de prostituição (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações do G1