Incrível! Veja como é possível fritar água

Incrível! Veja como é possível fritar água

A técnica é possível, graças a gastronomia molecular

O youtuber Jonathan Marcus pegou uma bolinha congelada de água, passou na farinha, em ovos e em migalhas de pão e, depois fritou o empanado com bastante delicadeza. Ele usou óleo de amendoim aquecido a 190 graus Celsius. Porém, o segredo dessa fritura inusitada está no alginato de cálcio.

A substância gelatinosa, feita com a adição de cloreto de cálcio no alginato de sódio é usada na gastronomia molecular, porque dá um formato esférico aos alimentos. A técnica se chama esferificação inversa. O alginato de cálcio cria uma espécie de película protetora, que permite que o empanado seja frito mantendo a água dentro da bolinha.

Mesmo com a substância, não é aconselhável fazer esse tipo de experimento em casa. E nem é propício também pingar água em uma frigideira cheia de óleo quente, pois pode causar uma espécie de explosão e diversas queimaduras.

Gastronomia molecular

Criada em 1988 pelo físico Húngaro Nicholas Kurti (1908-1998) e o químico francês Hervé This, a Molecular Física e Gastronomia (nome dado por Kurti em 1988, e rebatizado de Gastronomia Molecular por Hervé This em 1998), é uma disciplina cientifica que estuda, há mais de 20 anos, os fenômenos físico-químicos que ocorrem durante o ato de cozinhar.

A gastronomia molecular é centrada na compreensão racional e transformação dos métodos de cocção, de maneira a garantir melhor qualidade nutricional, maior precisão nos gestos culinários e melhor sabor e novas texturas para os alimentos.

Fonte: Mega Curioso