Jornalista retira 6 kg de seios após enfrentar doença gigantomastia

Bruna Presmic conseguiu a cirurgia e retirou 6 kg de excesso.

Uma jornalista residente em Brasília, no Distrito Federal,  possui uma trajetória digna de ser retratada nas telas dos cinemas mundo afora. Diagnosticada com uma doença de nome gigantomastia, que faz a mama ficar gigante, Bruna Presmic, de 33 anos, iniciou uma verdadeira guerra para continuar vivendo.

O médico que atendeu Bruna, que sofre também de uma outra doença, miaftenia, sugeriu a realização de uma cirurgia bariátrica (redução de estomago), afirmando que ela teria que perder 30 kg. Ela conta que explicou sua situação e que demoraria, em média, pelo menos dois anos para conseguiu tal resultado. O profissional de saúde, no entanto, continuava insistindo.

Além do preconceito por parte do médico, a doença também passou a afetar o bem estar de Bruna, que já não conseguia mais andar nas ruas com os seios enormes. "Imagina você andar com um saco de arroz ou um colar de 6kg pendurado no pescoço?". E foi exatamente essa a quantidade que foi retirada no procedimento, 6 kg de excesso", disse ela que encontrou uma médica aceitou fazer a operação.

A cirurgia custou cerca de R$ 12 mi, mas a jornalista não sabe se sua mama poderá voltar a crescer. "Eu não sei se vai voltar a crescer porque não tive resposta ainda sobre o que causou a doença. Mandamos os 6 kg retirados para biopsia, mas o resultado só sai no dia 21", disse.

Bruna Presmic conseguiu a tão sonhada cirurgia (Crédito: Reprodução)
Bruna Presmic conseguiu a tão sonhada cirurgia (Crédito: Reprodução)





Fonte: Com informações do R7