Mulher luta contra tradição e anula mais de 300 casamentos infantis

A jovem Inkosi Kachindamoto se diz contra o casamento entre jovens.

 Uma mulher de nome Inkosi Kachindamoto já cancelou cerca de 300 casamentos infantis. A jovem, que reside na região da África, luta contra uma tradição que ainda tenta obrigar o casamento de garotas de áreas rurais para melhorar de vida.

A jovem diz que lugar de criança é na escola.  "Eu terminei 330 casamentos das quais 175 eram de meninas e 155 eram de meninos. Eu queria que eles fossem para a escola e isso tem funcionado", revela. "Eu não quero casamentos entre jovens, eles devem ir para a escola ... nenhuma criança deveria ser encontrada vadiando em casa, ou fazendo tarefas domésticas durante o horário escolar", acrescenta.

O objetivo de Inkosi Kachindamoto é fazer prevalecer uma lei que foi aprovada pelo presidente Peter Mutharika, que determina o fim do casamento para menores de 18 anos.
Image title

Fonte: Com informações do sonoticiaboa