Jovem comemora 15 anos de vida em corpo de idoso devido à doença

A expectativa média de vida aos portadores da doença é de 14 anos

Nihal Bitla que possui Síndrome de Hutchinson-Gilford (ou Progéria), uma condição genética incurável e muito rara desafiou os médicos ao comemorar 15 anos. Ele tem uma condição em que o corpo envelhece oito vezes mais rápido que o normal.

O menino, que vive na periferia de Mumbai,  na Índia, sofre de calvície, tem rugas e membros extremamente enfraquecidos. A expectativa média de vida aos portadores da doença é de 14 anos, e muitos morrem devido a uma doença cardíaca chamada arteriosclerose, que geralmente afeta pessoas com mais de 60 anos.

Recentemente o adolescente comemorou 15 anos, superando as expectativas. Srinivas Bitla, seu pai, contou que dois meses depois que seu filho nasceu, notou manchas na pele do menino, mas somente há 5 anos ele foi diagnosticado com a condição.

Nihal passa seu tempo principalmente brincando com robôs e navegando na internet, e sua irmã, Vaishnavi, de 11 anos, o ajuda com os estudos.

Em dezembro de 2014 o menino visitou os EUA para um tratamento gratuito que parece ter deixado um impacto positivo em sua vida, melhorando a flexibilidade de seu corpo, por exemplo.

Nihal contou que tinha três sonhos para realizar antes de morrer entrar em um Lamborghini, conhecer o robô Honda ASIMO e visitar a Disney. O primeiro desejo foi realizado porque a empresa fabricante do carrão convidou o jovem para seu showroom em Mumbai, depois de receber uma carta para isso.


Image title

Image title

Image title

Image title


Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do Gadoo