Jovem faz alerta após ter síndrome causada por uso de absorvente

Após o episódio, Peyton está proibida de usar absorventes internos

A adolescente Peyton Caples, de 17 anos, sobreviveu aos graves efeitos de uma síndrome causada pelo uso de absorvente interno quandi . Ela decidiu contar sua história para conscientizar outras meninas.

"Senti como se tivesse levado um tiro. Nunca estive tão mal na minha vida. Dei entrada na unidade de terapia intensiva em Ventura, na Califórnia, e meu batimento cardíaco era o mesmo que o de um bebê [acelerado]", diz ela, segundo o Mirror. "Lembro de que não havia ninguém da minha família na sala e de ter gritado pela minha avó".

Ela conta que sentiu-se doente no momento em que colocou o absorvente e que, diferente de outras vítimas da síndrome, não fez uso inadequado do item. "Comecei a me sentir muito fraca e com náuseas. Mal podia andar, mas acho que muito disso foi causado por esteroides que eu tomava para outra doença".

Diagnosticada com a síndrome do choque tóxico (SCT) - uma doença causada por bactérias que pode levar à morte -, a jovem foi medicada com antibióticos e se recuperou totalmente. "Nunca pensei que aos 15 anos eu seria uma sobrevivente, mas tudo acontece por uma razão", conclui ela.

Após o episódio, Peyton está proibida de usar absorventes internos.

Image title

Fonte: Com informações da UOL