Jovem que sofreu preconceito decide não mais esconder seu corpo

Jovem sofreu constrangimentos devido à doença de pele incurável

Giorgia Lanuzza, de 24 anos, sofreu por muitos anos com constrangimentos devido à sua condição de pele incurável, decidiu não mais esconder seu corpo. Ela sofre de psoríase, uma condição que faz com que cerca de 95% de seu corpo seja coberto por cicatrizes vermelhas dolorosas.

A jovem, que tem a doença desde os 13 anos de idade, suportou anos de xingamentos e constrangimentos cobrindo seu corpo, mas decidiu não mais escondê-lo.

Ela relatou que sente ter a responsabilidade de mostrar às pessoas que sofrem, como ela, que devem ser orgulhosas de seus corpos, não se importado com o que as pessoas pensem.

Giorgia contou que a condição é, muitas vezes, desencadeada por trauma, e que apareceram nela quando seu pai, Giuseppe, morreu em um acidente de moto.

Agora a jovem planeja lançar uma página no Facebook a fim de mostrar suas fotos e incentivar outras pessoas com problemas de pele a partilhá-los.


Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do Jornal Ciência