Jovens criam aplicativo que transforma smartphone em mouse

O Appointer aproveita essa característica da peça para transformar os smartphones em mouse.

Alunos do Instituto Alpha Lumen de São José dos Campos (SP) criaram um app que permite que um smartphone desempenhe as mesmas funções que um mouse. A novidade foi batizada de Appointer.

Igor Cobra (15 anos), Jonathan Lima (17 anos) e Victor Hugo Pedrota  (13 anos) são os criadores do aplicativo. Para desenvolvê-lo, eles trabalharam durante fins de semanas por 3 meses.

O funcionamento do app é todo baseado no acelerômetro. Presente em smartphones, essa peça é responsável por calcular movimentos feitos com o gadget.

É com base nos dados monitorados pelo acelerômetro, por exemplo, que as imagens no celular são exibidas na horizontal ou vertical conforme ele se move. O Appointer aproveita essa característica da peça para transformar os smartphones em mouse.

"Transmitimos essa movimentação percebida pelo acelerômetro para o computador via Wi-Fi e o smartphone passa a funcionar como se fosse um mouse", explicou Lima. De acordo com ele, o app tem alcance de até 300 metros dependendo do roteador envolvido na operação.

Para Lima, os amantes do games fazem parte do público-alvo do Appointer. "O aplicativo elimina a necessidade de carregar um mouse para poder jogar no notebook, por exemplo", explicou ele.

Alunos do Instituto Alpha Lumen de São José dos Campos (SP) criaram um app que permite que um smartphone desempenhe as mesmas funções que um mouse. A novidade foi batizada de Appointer.

Igor Cobra (15 anos), Jonathan Lima (17 anos) e Victor Hugo Pedrota  (13 anos) são os criadores do aplicativo. Para desenvolvê-lo, eles trabalharam durante fins de semanas por 3 meses.

O funcionamento do app é todo baseado no acelerômetro. Presente em smartphones, essa peça é responsável por calcular movimentos feitos com o gadget.

É com base nos dados monitorados pelo acelerômetro, por exemplo, que as imagens no celular são exibidas na horizontal ou vertical conforme ele se move. O Appointer aproveita essa característica da peça para transformar os smartphones em mouse.

"Transmitimos essa movimentação percebida pelo acelerômetro para o computador via Wi-Fi e o smartphone passa a funcionar como se fosse um mouse", explicou Lima. De acordo com ele, o app tem alcance de até 300 metros dependendo do roteador envolvido na operação.

Para Lima, os amantes do games fazem parte do público-alvo do Appointer. "O aplicativo elimina a necessidade de carregar um mouse para poder jogar no notebook, por exemplo", explicou ele.

Fonte: Msn