Jovens oferecem sexo em troca de ajuda para pagar universidade

A prátiéca bastante comum no Brasil. Você sabia?

Você já ouviu falar na expressão "sugar daddy"?Ela não é muito conhecida no Brasil, mas significa uma uma prática bastante comum por aqui: homens maduros que bancam os estudos de jovens em troca de uma relação. Na Grã-Bretanha, o “Sugar daddy” virou tendência.

A jovem Freya, de 22 anos, revela que começou a sair com homens mais velhos ainda quando estava na Universidade. "Eu amo sexo", diz Freya. "E, você sabe, eu sou muito boa nisso. Então, conquistar um 'sugar daddy', ou dois, foi uma decisão fácil", disse.

Ela conta quanto conseguiu faturar fazendo “sugar daddy”: "Meu 'sugar daddy' casado me deu cerca de 1 mil libras (cerca de R$ 4,8 mil) por uma noite. Ele estava interessado apenas em sexo. Já o meu 'sugar daddy'divorciado me dava entre 1 mil e 2 mil libras como mesada", diz.

Em outro trecho, ela esclerece que trabalhava muito, mas não conseguia manter os estudos. "Trabalhava em dois empregos durante meu primeiro ano". "Era horrível - ganhava 5 libras (cerca de R$ 24) por hora trabalhando num bar e isso estava atrapalhando meus estudos", acrescenta.

"Sim, na verdade, é prostituição, mas acho que existe um estigma ridículo ligado a esta palavra", diz Freya que esclarece ter escolhido com 'cuidado' os homens com quem matinha alguma relação.

A mãe da jovem, durante entrevista a BBC, anunciou apoio a filha. "Na verdade, eu tenho muito orgulho dela", diz Mary. "Acho que é uma coisa muito valente de se fazer e estou feliz que ela me consultou. Claro que meus amigos foram bem contra".

Image title


Fonte: Com informações do IG