Mãe chama amigos do filho para casa e transa com garoto de 15 anos

Os adolescentes foram convidados para passar o final de semana

A americana Molly Shattuck, de 48 anos, se meteu numa encrenca e foi a julgamento. Mãe de três filhos, Molly, ex-cheelearder, foi acusada de abusar de um garoto de 15 anos. O adolescente é um dos amigos do filho dela, também de 15 anos.


Image title

Os adolescentes foram convidados para passar o final de semana com a família. Molly acabou transando com o garoto, que não teve o nome revelado. Ela teria dado bebida ao menino.

Foi acusada de estupro e levada a julgamento em, Baltimore (EUA). Molly confessou que transou com ele na casa da família, após ter dado bebida ao garoto, em agosto de 2014.

Segundo os pais dele, o menino era virgem e o casal acusa Molly de tê-lo forçado a ter relações. "Ela roubou a inocência dele", disseram em nota à imprensa. "Ela é uma pedófila, e representa um perigo para a sociedade".

O juiz ordenou que Molly não poderia mais visitar nem os próprios filhos na escola. "Não queria fazer mal algum a ele", disse ela no julgamento, ocorrido esta semana.

Molly confessou os crimes. Chorou muito no tribunal. O julgamento terminou com Molly sendo condenada a dois anos de prisão. Mas ela poderá cumprir em liberdade. No entanto, terá que fazer tratamento psiquiátrico, com acompanhamento médico do Estado, e comparecer ao tribunal mensalmente para que sua condicional seja avaliada.


Image title


Fonte: Com informações do R7