Mãe é acusada de injetar urina na filha para fazê-la ficar doente

Menina nasceu com uma doença genética

Uma mãe australiana, que ficou conhecida por administrar um blog sobre maternidade, está sendo acusada de injetar urina na própria filha.

A menina de 9 anos de idade nasceu com uma doença genética que a faz ir ao hospital com frequência.

Os médicos acabaram ficando preocupados após encontrarem leveduras e fungos crescendo em um de seus tubos intravenosos, além de erupções cutâneas surgirem na criança.

A mãe, que não teve nome revelado, foi vista com amostras de urina, seringas e laxantes.

A menina acabou sendo retirada da mãe e sua condição vem melhorando.Uma audiência no Tribunal australiano foi marcada para dezembro.

Há indícios de que a mãe sofra da síndrome de Munchausen, uma psicológica e comportamental onde a pessoa finge estar doente ou induz a sintomas em si própria – e em alguns casos, as agressões ocorrem em outras pessoas.

Fonte: Metro