Menino de 1 ano escapa ileso após morder cobra no terraço de casa

A criança mordeu a cobra na cabeça.

A família do pequeno Lorenzo, de apenas um ano de idade, passou por um grande sufoco no último domingo no Litoral Norte do Rio Grande do Sul. De acordo com a mãe do menino, Jaíne Ferreira Figueira, o garoto foi flagrado com uma cobra na boca na sala da casa da família.

Mesmo com a atitude inesperada, o pequeno não levou nenhuma picada e o animal acabou morrendo. “Nós nunca vimos uma cobra nessa região, muito menos no pátio da minha casa. Foi lá que ele encontrou o réptil. Percebi que ele estava muito quieto e fui atrás, quando vi ele estava mordendo a cobra”, contou ela.

Image title

Desesperada com a situação, a mulher lembra que não conseguiu de imediato tirar o animal da boca do filho e por isso pediu socorro ao marido. “Depois que ele tirou a cobra continuou se mexendo no chão e o Lorenzo tinha sangue na boca e nas mãos. Quando meu marido tirou ele começou a chorar, estava bem feliz brincando com o bicho e não queria acabar”, contou ela agora sorrindo com a situação.

Imediatamente após retirarem a cobra de Lorenzo, os pais levaram o menino ao Hospital São Luiz. Atendido pelo médico Gilmar Carteri em Mostardas, passou por exames e foi liberado. "Ele mordeu esse filhote de jararaca bem próximo da cabeça, o que acabou imobilizando a cobra e evitou que ela o picasse”, salientou o médico.

Image title

Image title


Fonte: Com informações do G1