Mãe pensa que filha nasceu morta por conta de sua aparência

A criança usa creme especial para que não fique com a pele escamosa

Natalie, de 29 anos, pensou que seu bebê havia nascido morto por conta de sua aparência, fruto de uma rara doença de pele.

A bebê tinha uma aparência nada comum, a pele ficou seca e acinzentada por conta  de uma doença genética rara chamada “collodion”, onde o bebê nasce envolto por uma membrana, que “cai” duas semanas depois.

Image title

A doença pode causar várias complicações como, falência renal ou até danos celebrais permanente.

Natalie e seu companheiro, Nathan Frampton, de 32 anos, têm outros quatro filhos, mas nenhum deles nasceu com a doença.

A criança necessita de um creme especial para que não fique com a pele ressecada e escamosa.

Fonte: Com informações do Gadoo