Menina de 8 anos faz carta relatando o que o álcool fez com família

A carta é narrada na primeira pessoa.

Se as crianças são o melhor do mundo, assistir a um vídeo desses despedaça o coração de qualquer pessoa. Mas a mensagem é necessária e, por isso, é tão importante ouvirmos o que Laura, uma menina de 8 anos, decidiu escrever sobre a sua família.

A carta é narrada na primeira pessoa e não há nada que nós possamos escrever que seja mais importante do que você vê abaixo:

A menina relata as mudanças no comportamento do pai, a forma como isso imapctou negativamente toda a família e as agressões que foram aumentando. Infelizmente, Laura acabaria por falecer pouco tempo depois de ter escrito a carta e por agressão de seu pai.

A mensagem não chegou a tempo de a salvar, mas a ONG Bandeiras Brancas quer usá-la para mostrar ao mundo, como se ele ainda precisasse de aviso, que o consumo de álcool, se não for feito com moderação, independente do tipo de bebida, pode ter consequências catastróficas.

Fonte: Com informações do Hypeness