Menino que não pode sorrir é adotado por enfermeira que cuidou dele em hospital

Graças a ela, Joshua se tornou incapaz de expressar suas emoções em sua face.

Um menino com uma condição médica rara que o torna incapaz de sorrir, está sendo adotada pela enfermeira bondosa que cuidou dele no hospital.

Joshua Burdell, de 3 anos, sofre de distrofia miotônica congênita – uma doença rara, limitadora e incurável, em que o afetado tem uma progressiva diminuição da velocidade no relaxamento do músculo após contração voluntária ou estímulo mecânico.

Graças a ela, Joshua se tornou incapaz de expressar suas emoções em sua face. Joshua herdou a doença de sua mãe, que não pode cuidar do filho devido a doença e, de acordo com os médicos, ele não viveria passado mais que um ano.

As tentativas de encontrar pais adotivos tinham falhado, e assistentes sociais já estavam quase desesperados, achando que não encontrariam quem adotasse o menino. Mas a enfermeira que cuidou dele no hospital o fez.

Sarah Ruane, de 51 anos, disse que ela não suportava vê-lo sem um lar. Desde que ela se tornou guardiã de Joshua, dedicou todo o seu tempo livre para a realização de pesquisas e contribuiu para que cientistas pudessem descobrir a droga que poderia curar sua condição.


Fonte: Gadoo