Milionário quer criar país para receber refugiados do mundo todo

Milionário Jason Buzi quer criar país para receber todos refugiados

O mundo vive uma das piores crises migratórias da história, por isso um magnata do setor imobiliário americano fez uma sugestão para resolver a questão: criar um país apenas para abrigar os 60 milhões de refugiados que estão espalhados pelo mundo. "É quase chocante que ninguém tenha falado sobre isso como uma solução", disse Jason Buzi, sobre a criação da Nação de Refugiados.

Image titleO projeto sugere que a nação possa ser criada em locais pouco habitados, como a Finlândia, que abriga 5 milhões de pessoas, mas tem uma área maior do que a do Reino Unido, que abriga 65 milhões habitantes. Outras opções, seria criar esse país em ilhas não-habitadas nas Filipinas ou na Indonésia.

Do ponto de vista econômico, segundo Buzi, a proposta não enfrentaria problemas: como a nação estaria saindo da estaca zero, haveria empregos no setor de infraestrutura.

O dinheiro para construir o país, segundo o projeto, pode sair de fontes variadas, como um grupo de milionários, a Organização das Nações Unidas ou uma série de governos mundiais. E o idioma oficial recomendado seria o inglês. O empresário já investiu pelo menos US$ 10 mil (cerca de R$ 34 mil) para estruturar uma equipe que vai ter como tarefa impulsionar a ideia.

Buzi também é a mente que está por trás do projeto Hiddeen Cash (Dinheiro Escondido), um experimento social que pretende "exercitar a generosidade pública", e esconde dinheiro por várias cidades.


Fonte: Com informações do Brasil Post