Milionário vai à falência para salvar cerca de 2 mil cães da morte

Ele construiiu um abrigor para salvar 2 mil cães de matadouro

Image title

O milionário chinês Wang Yan, 29 anos, gastou quase todo o seu dinheiro para construir um abrigo de animais e resgar cerca de 2 mil cães de ruas que estavam prestes a serem abatidos.

Wang Yan foi até um matadouro na cidade Changchun, China, quando seu amado cão ficou desaparecido por três anos.

“Eu saí à procura dele em todos os lugares, mas tudo em vão”, disse o empresário. “Finalmente alguém me disse para ir ao matadouro para tentar a minha sorte lá,” prosseguiu ele.

Wang não encontrou seu cão, mas as cenas sangrentas terríveis no matadouro o perturbaram tanto que ele resolveu construiu seu próprio centro de resgate de animais.

Ele comprou o matadouro e começou a trabalhar lá para que aquilo se tornasse um abrigo de animais. O local tinha sido uma fábrica de aço tempos antes.

Wang, desde então, começou a passar dificuldades e fez uma enorme dívida causada pelo fornecimento de comida e tratamento médico para cuidar dos cães.

“Eu não aceito doações monetárias”, disse ele a repórteres. “Eu só espero que as pessoas de bom coração sejam capazes de doar alguns suprimentos para ajudar.”

Muitos dos cães que ele cuidou já foram adotados, e atualmente existem cerca de 200 animais vivendo lá.

Cães de rua são grandes problemas nas cidades chinesas, e muitas vezes são massacrados em matadouros para suas carnes serem vendidas nos mercados locais.

Fonte: Gadoo