Montanhistas acreditam ter encontrado destroços de avião que sumiu há mais de 50 anos

O time voltava para Santiago de uma partida em Osorno pela Copa do Chile e foi dividido em duas aeronaves.

Montanhistas chilenos dizem ter encontrado destroços de um avião que caiu nos Andes há 54 anos, informa o jornal britânico "The Guardian".

Os destroços, assim como restos mortais das vítimas, teriam sido encontrados numa altitude de 3.200 metros, a cerca de 360 km ao sul de Santiago.

Leonardo Albornoz, um dos membros do grupo, disse ao Canal 7 do Chile que a localização dos destroços está sendo mantida em segredo para evitar saques.

Membros do time de futebol profissional chileno Green Cross estavam a bordo do Douglas DC-3 quando ele desapareceu em 3 de abril de 1961.

O time voltava para Santiago de uma partida em Osorno pela Copa do Chile e foi dividido em duas aeronaves. Uma chegou ao destino; a outro, com 24 pessoas a bordo, desapareceu.

"Podíamos sentir a energia do local e aspirar aquela dor", disse Albornoz sobre a suposta descoberta.


Fonte: Uol