Mulher chora sangue e pede ajuda para ter tratamento na Bahia

Charlene precisa fazer uma ressonância magnética

Charlene Silva Santos, de 31 anos, sente fortes dores de cabeça, nas articulações e chega até a desmaiar. O desconforto é diário e já duramais de 15 anos. A mulher conta que, quando as dores são muito fortes, ela começa a sangrar pelos poros do corpo. Ela chega a chorar sangue.

— Tem dia que sangra o corpo todo, no lugar do suor, sai sangue. Se eu tiver fortes dores de cabeça, no lugar de chorar lágrimas, sai sangue.

Os médicos não descobrem o problema de Charlene e, da última vez, pediram um exame de ressonância magnética, que ela ainda não conseguiu fazer por ser muito caro. Pelo SUS (Sistema Único de Saúde) demora meses para conseguir marcar. 

A amiga contou que, quando Charlene tem crises, ela é levada para UPA (Unidade de Pronto Atendimento), é medicada com remédio para dor e liberada. Os médicos pedem a ressonância para dar um diagnóstico.

A mulher afirmou que a situação está piorando e que há 15 dias ela está sofrendo direto com dores. Ela mora em Salvador, na Bahia. 


Image title

Image title

Fonte: Com informações do R7