Mulher coleta sêmen do namorado morto em acidente para realizar seu sonho de ser pai

Cameron Robinett, de 25 anos, morreu na última segunda-feira (3) após sofrer um acidente de moto.

Um homem sonhava em ser pai até acabou sofrendo um acidente fatal. Sua namorada pretende conseguir realizar seu desejo ao colher o sêmen do companheiro após ele falecer.

Cameron Robinett, de 25 anos, morreu na última segunda-feira (3) após sofrer um acidente de moto. Sua companheira, Stephanie Lucas, de 22 anos, conseguiu, porém, extrair o esperma do namorado. Apesar de não ter condições financeiras para pagar o procedimento, a jovem mulher contou com o apoio de amigos e desconhecidos. Ela teve um tempo limitado para extrair o sêmen de Robinett, e em apenas um dia conseguiu arrecadar cerca de R$ 28 mil. “Estávamos muito animados em ter uma família. Cameron estava ainda mais empolgado”, comentou a garota.

“Nós não precisamos ser casados para termos uma família. Vamos começar uma agora”, teria dito o homem pouco antes de morrer. “Ele realmente queria ser pai, por isso estou apenas cumprindo seu sonho”, disse Stephanie. O homem havia visitado algumas casas na Califórnia, nos EUA, onde o casal planejava morar. Foi então que ele sofreu o acidente, na última sexta-feira (31). A mulher alegou que o procedimento para extrair o esperma tinha um custo alto, de aproximadamente R$ 22500. O sêmen pode ser mantido em uma câmara fria por até um ano. “Quando descobri que Cameron morreu fiquei com o coração partido”, disse ela. “Mas lembrei imediatamente que queria ter um filho dele, e sabia que não tinha muito tempo para isso.

Poucas horas depois pedi ajuda em um site de financiamento coletivo. Foi rápido, mas era a única maneira de conseguir realizar isso”, contou. Stephanie ainda não sabe quando vai realizar o procedimento de gravidez. “A dor é muito forte no momento, mas eu quero o seu bebê, o nosso bebê”, disse ela. A jovem diz que tem o apoio da mãe do namorado, Cameron Loretta. “Eu não tinha certeza de como nossas mães iriam reagir, mas elas demonstraram total apoio”. “Estou muito grata pela ajuda das pessoas. Eu me senti derrotada quando descobri que o procedimento era tão caro e que o dinheiro deveria ser pago antecipadamente”, concluiu. Cameron colidiu com a garagem de uma residência. Ele foi levado para um hospital, e faleceu dias depois.


Fonte: Metro