Mulher luta na Justiça para manter guarda de jacaré de estimação

O amor da americana pelo réptil é tão grande que ele usa roupas

A americana Mary Thorn, de Lakeland, na Flórida (Estados Unidos), está lutando na Justiça para conseguir manter a guarda de um jacaré de estimação.

Mary cuida de Rambo, como o réptil é chamado, há 11 anos e o trata como um filho. No entanto, as autoridades ambientais da região alegam que Rambo cresceu muito - ele passou dos dois metros - e que para continuar com o animal a americana precisaria arranjar uma residência com um espaço aberto de pelo menos 10 metros quadrados.

O jacaré, de 16 anos, foi adotado por Mary com outros cinco "amigos". Porém, com o passar do tempo os animais morreram, sobrando apenas Rambo. "Tentamos tratá-los como jacarés e, um por um, eles morreram. Com Rambo foi diferente. Ele é tratado como da família e conseguiu sobreviver", afirmou a americana.

O amor da americana pelo réptil é tão grande que ele usa roupas e tem até um quarto próprio. Segundo Mary, quando sai sozinha, Rambo a espera em frente à porta.

Uma organização local que cuida de animais selvagens prometeu para a mulher que, se ela lhes entregasse Rambo, eles o manteriam longe de outros animais. Infelizmente, apenas a ideia de de ficar longe do animal já é motivo de bastante sofrimento dela. "Eu vou perder meu filho e isso vai doer muito", desabafou. O caso continua em andamento.

Image title

Image title

Fonte: Com informações da UOL