Mulher mata parceiro e filha por achar que vampiros tomariam mundo

A mulher acreditava que havia recebido um sinal de uma lâmpada

Uma mulher identificada como Shelley Christopher, de 36 anos, estava mentalmente doente quando matou a facadas seu parceiro, Richard Brown, de 42, durante 29 vezes. Ela também atacou a filha, Sophia, de 6 anos de idade, antes de inserir objetos de madeira nos corpos das vítimas.

A mulher acreditava que havia recebido um sinal de uma lâmpada no teto de casa, e que teria que matá-los para evitar que o mundo fosse tomado por vampiros. Dias depois do acontecimento trágico ela foi acompanhada por médicos em uma Unidade de Saúde Mental, em Londres. Ainda assim, a mulher nega ter cometido os assassinatos por questões insanas.


Image title

Fonte: Com informações do Gadoo