Mulher morre após equipe de manutenção fechar elevador por 30 dias

Ela estava com as mãos multiladas.

Uma equipe de manutenção encontrou o cadáver da mulher ao religou o elevador para retornar ao trabalho, após as festividades do Ano Novo chinês. Os operários suspeitos de terem cometido o erro fatal foram detidos pela polícia.

Dois funcionários desligaram a energia do edifício residencial no dia 30 de janeiro, depois de serem chamados para verificar uma falha no sistema. O elevador foi desativado no primeiro andar após os operários afirmarem que não havia pessoas dentro dele.

Mas quando voltaram ao trabalho no dia 1 de março, a mulher, que se acredita ter mais entre 30 a 40 anos de idade, já estava morta. Investigadores disseram que encontraram as mãos dela completamente mutiladas, supostamente por suas tentativas de escapar.

Autoridades no distrito de Gaoling, na cidade norte-ocidental de Xi’an, China, disseram que o caso envolveu “negligência grosseira”. A mulher era uma moradora que vivia sozinha no prédio. O governo distrital local disse que sua morte foi causada por negligência, em um caso de homicídio involuntário.



Prédio onde vítima morava (Crédito: Divulgação )
Prédio onde vítima morava (Crédito: Divulgação )
Fonte: Com informações do Gadoo