Mulher morre queimada em chuveiro de hotel;família pede indenização

Ela foi encontrada por um parente, já ferida no banheiro

Uma mulher morreu depois de ser queimada por um chuveiro de um hotel da Escócia, e sua família agora reivindica uma indenização superior a R$ 5.750.000.

Kalyani Uthaman, de 59 anos, da Índia, estava em férias na capital do país, Edimburgo, quando foi gravemente ferida no hotel Premier Inn.

Ela teve queimaduras em 25% de seu corpo e morreu de falência múltipla de órgãos. Agora sua família está pedindo mais de R$ 5.750.000 aos proprietários do estabelecimento, em uma ação na justiça.

No episódio que levou à morte da mulher, ela foi encontrada por um parente, já ferida no banheiro, minutos depois de ter entrado no cômodo.

Após seis semanas em cuidados intensivos, ela não resistiu, e de acordo com os médicos, morreu em decorrência das queimaduras.

Sundar Vadivel Uthaman, de 44 anos, filho de Kalyani, que estava de férias com a mãe, disse que ninguém esperava que isso acontecesse em um lugar tão seguro como o Reino Unido.

O caso ocorreu por causa da falta de válvulas termostáticas, que deveriam ter sido instaladas no banheiro que ela usou.

As autoridades responsáveis disseram que o caso foi uma tragédia e que ele já foi completamente investigado, mas a família reivindicou a quantia em dinheiro.

Image title


Fonte: Com informações do Gadoo