Mulher passa por cirurgia para retirar irmã gêmea de seu ovário

Ela relatou se sentir sortuda por não ter morrido.

Jenny Kavanagh, uma mãe de dois filhos e com 45 anos de idade, de Londres, Inglaterra, teve uma bobina contraceptiva implantada em seu corpo há 15 anos.

Quando voltou ao médico a fim de obter uma nova bobina, ela passou por exames de ultrassom de seus ovários, devido à sua idade, e uma massa de 10 centímetros foi encontrada crescendo em seu ovário esquerdo.

Especialistas preocupados alertaram que caso a massa se rompesse ela poderia morrer.

Mais tarde descobriu-se que o ser estranho tratava-se de sua irmã gêmea que não se desenvolveu, e que estava dentro de Jenny desde que esta nasceu. A irmã não desenvolvida possuía rosto, um olho, dente, e longos cabelos negros, mas não tinha cérebro e coração.

A mulher passou por um procedimento cirúrgico que removeu a “irmã” e relatou se sentir sortuda por não ter morrido.

Clique aqui e confira mais notícias curiosas.

Image title



Fonte: Com informações do Gadoo