Mulher passa uma década com doença horrível

Mulher passa uma década com doença horrível

Manchas pretas começaram a aparecer na pele da mulher

Uma mulher chamada Calvina, sentiu um ardor estranho no corpo e após pouco tempo, manchas pretas começaram a aparecer na pele da mulher.

Após a situação piorar, Calvina foi ao hospital, fez uma biópsia. Alguns médicos diziam que ela estava com alguma doença relacionada aos nervos. Já para outros, a mulher sofria de alergias.

No entanto, nenhum dos medicamentos prescritos diminuíram as marcas e elas continuaram se espalhando, além da terrível coceira que Calvina sentia, sua vida mudou totalmente.

As marcas fizeram com que ela mudasse de hábitos. Depois de um tempo, a mulher chegou às mãos do Dr. Batra, um médico especialista.

Calvina explicou como foram esses 7 anos difíceis, e o médico começou a realizar testes de todos os tipos. Ele levou amostras das marcas, realizou exames de sangue e verificou o seu sistema imunológico em uma série de exames.

O médico descobriu que Calvina teve uma urticária vasculite e hipotireoidismo. Ambas são alterações do sistema imunológico e a primeiro delas afeta seriamente a pele, causando feridas, marcas e cicatrizes. O hipotireoidismo (insuficiência da atividade fisiológica da glândula tireoide), por sua vez, é outra doença que tem contribuído para a estranha condição de Calvina.

Para ficar boa, Calvina passa por um tratamento intensivo que deve acabar com os distúrbios e os problemas com a pele.

Fonte: Mistérios do Mundo