Mulher perde 100 kg após não caber no banco do carro de autoescola

Radialista, que pesava175 kg, decidiu mudar os hábitos alimentares.

Perder peso não é uma tarefa fácil e pode, sem sombra de dúvidas, ser um alivio para quem sofre preconceito e se prejudica em atividades do cotidiano. Ivani Castanhede, que trabalha como radialista, percebeu que precisava  mudar seus hábitos alimentares, após não caber no banco do carro de uma autoescola.

Residente em Porto Velho, em Rondônia, ela ficou sem tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) porque, na época, pesava 175 km e por conta disso não cabia dentro do veículo. Encorajada, decidiu fazer uma mudança radical em sua alimentação e consegui perder 100 kg em apenas 30 meses.

"Um dos médicos que me acompanhava não acreditou que eu tinha perdido 100 kg sem cirurgia e pediu para examinar meu corpo para ver se encontrava a cicatriz de algum procedimento cirúrgico", disse ao acrescentar que procurou ajuda de um profissional e buscou informações em sites na internet. 

"Busquei ajuda de nutricionista, especialista, dicas e informações pela internet. Academia de musculação ajuda, mas a dieta é o principal para eliminar peso. Passei a praticar musculação e fazer a dieta. Continuo comendo de tudo, porém muito menos. Se antes comia cinco pedaços de pizza, agora como só a metade de um", destacou. 

Ela conta que  passava por constrangimento quando saia ao lado do filho e do marido. "Passar nas lojas era um problema pra mim, meu filho ou marido. Era mal atendida por não existir roupa para o meu tamanho. Era horrível. Nunca consegui tirar minha carteira de habilitação porque não cabia no banco do motorista", afirmou.



Fonte: Com informações do G1