Mulher vive com corpo do marido dentro de quarto: "Foi pedido dele"

O cadáver estava, claro, em adiantado estado de decomposição.

A americana Ila Solomon, de 56 anos, foi presa pela polícia de Lafayette, no estado de Indiana (EUA). A mulher guardava em casa o corpo do marido, Gerald Gavan, de 88. O cadáver estava na residência dela e ficou ali por inacreditáveis nove meses. Ao ser questionada pela polícia por que ela manteve o corpo por tanto tempo, Illa deu uma explicação bizarra. 

"Foi a pedido dele. Ele queria ser comido por aves", disse ela, chorando, em entrevista na TV. A mulher deixou o corpo num quarto e, segundo ela, mantinha uma porta aberta para que aves entrassem ali e devorassem o defunto.

"Ele não queria ser cremado, nem enterrado", contou. "Meu marido desejava ter esse fim. Obedeci o desejo dele", explicou. Ila será julgada por não ter notificado o Estado sobre a morte do marido, ela pode ser presa

O cadáver estava, claro, em adiantado estado de decomposição, para desespero dos vizinhos.

Image title

Image title


Fonte: Com informações do R7